Cidade Velha - Belém - Pará - Brasil

Sala Bolonha é aberta com a presença de Embaixador da Itália

A Cidade Velha recebeu, na manhã desta quinta-feira (8), mais um local que deve se tornar umareferência para a cultura e para o turismo paraense. A Sala Bolonha, na Casa Rosada, localizadana Rua Siqueira Mendes, foi inaugurada em uma cerimônia que contou com a presença doEmbaixador da Itália no Brasil, Gherardo de La Francesca. O prédio é considerado porespecialistas do Estado uma das mais importantes obras atribuídas ao arquiteto italiano AntônioLandi, em Belém.

O trabalho de restauração da Casa Rosada iniciou há 4 anos e incluiu um conjunto de pinturasque dão destaque à fauna e flora amazônicas, retratadas em plantas como o Comigoninguém-pode e a Espada-de-São-Jorge, além de pássaros típicos da região. A obra foi feitapelos artistas italianos Pietro Lenzini e Giorgio Drioli, que vieram a Belém, exclusivamente, paraeste trabalho. De acordo com Lenzini, o convite foi uma grande oportunidade de aprender ehomenagear o compatriota Landi.

A Casa Rosada, uma das construções mais antigas de Belém, será inaugurada oficialmente noano que vem e deve se tornar um espaço cultural. Gherardo La Francesca anunciou ser umgrande admirador de Belém e afirmou que a iniciativa expande as relações entre os países. 'Essemomento marca a parceria entre Brasil e Itália, dois países que sempre se relacionaram muitobem e que com a Casa Rosada amplia a capacidade de criar coisas novas e de continuartrabalhando juntos', declarou.

As pesquisas desenvolvidas para a restauração da Casa foram realizadas no curso de especialização 'Interpretação, Conservação e Revitalização do Patrimônio Artístico de AntonioJosé Landi', realizado pelo Fórum Landi, grupo da Universidade Federal do Pará. Para FlávioNassar, coordenador do Fórum Landi, o processo de restauro do imóvel contou com uma equipede aproximadamente 20 pessoas ao longo de dois anos. 'O trabalhou exigiu paciência porque oimóvel já havia sofrido muitas transformações e foi necessário um resgate da arquitetura original,inclusive com a atuação de arqueólogos'.

Incentivo à cultura - Mesmo antes da reabertura do prédio, a Casa Rosada contribui para odesenvolvimento da cultura local. Em paralelo às obras, o espaço recebeu uma exposição quemostrou três momentos do prédio. Na mostra, foi possível conhecer o passado da do imóvel eum pouco da história da Cidade Velha, as melhorias realizadas no ambiente, além de visualizaras próximas fases do projeto de restauro, representando o futuro da Casa.

José Maria Barale, presidente da Alubar, empresa que apoiou o restauro da Casa, adiantou queas ações de incentivo à arte e cultura vão começar em 2012. 'Será realizado um intercâmbioentre artesãos de Belém com artistas da Itália. Os italianos virão a Belém conhecer a cidade e ostrabalhos desenvolvidos aqui e os paraenses irão a Itália para conhecer o que é feito na áreaartística e cultural lá'.

Trajetória - A Casa Rosada é uma edificação remanescente do século XVIII, cujas linhasarquitetônicas exteriores permanecem praticamente inalteradas. A edificação possui, no seuandar térreo, portas e janelas com molduras elaboradas. Portais trabalhados, gradis de ferro elargos beirais, que também compõem a edificação, dão um ar de requinte ao prédio.

A autoria da Casa Rosada é atribuída a Antonio José Landi por diversos estudiosos. Dentre eles,a portuguesa Isabel Mendonça, a maior estudiosa do mundo sobre vida e obra do arquiteto.

> Mais NotíciasMais Notícias

  • Endereço

    Rua Siqueira Mendes, nº 61 - Cidade Velha
    CEP: 66020-600 - Belém - Pará - Brasil
    [ver mapa]
  • Siga-nos

    Facebook Twitter Linkedin
  • 2017 © Casa Rosada
    Todos os direitos reservados
    Desenvolvimento: Bredi