Cidade Velha - Belém - Pará - Brasil

Sala Bolonha é aberta com a presença de Embaixador da Itália

A Cidade Velha recebeu na manhã desta quinta-feira (08), mais um local que deve se tornar uma referênciapara a cultura e para o turismo paraense. A Sala Bolonha, na Casa Rosada, localizada na Rua SiqueiraMendes, foi inaugurada em uma cerimônia que contou com a presença do Embaixador da Itália no Brasil,Gherardo de La Francesca. O prédio é considerado por especialistas do Estado uma das mais importantesobras atribuídas ao arquiteto italiano Antônio Landi, em Belém.

O trabalho de restauração da Casa Rosada iniciou há 4 anos e incluiu um conjunto de pinturas que dãodestaque à fauna e flora amazônicas,retratadas em plantas como o Comigo-ninguém-pode e a Espadade-São-Jorge, além de pássaros típicos da região. A obra foi feita pelos artistas italianos Pietro Lenzini eGiorgio Drioli, que vieram a Belém, exclusivamente, para este trabalho. De acordo com Lenzini, o convitefoi uma grande oportunidade de aprender e homenagear o compatriota Landi.

A Casa Rosada, uma das construções mais antigas de Belém, será inaugurada oficialmente no ano que vem edeve se tornar um espaço cultural. Gherardo La Francesca anunciou ser um grande admirador de Belém eafirmou que a iniciativa expande as relações entre os países. “Esse momento marca a parceria entre Brasil eItália, dois países que sempre se relacionaram muito bem e que com a Casa Rosada amplia a capacidade decriar coisas novas e de continuar trabalhando juntos”, declarou.

As pesquisas desenvolvidas para a restauração da Casa foram realizadas no curso de especialização‘Interpretação, Conservação e Revitalização do Patrimônio Artístico de Antonio José Landi’, realizado peloFórum Landi,grupo da Universidade Federal do Pará. Para Flávio Nassar, coordenador do Fórum Landi, oprocesso de restauro do imóvel contou com uma equipe de aproximadamente 20 pessoas ao longo de doisanos. “O trabalhou exigiu paciência porque o imóvel já havia sofrido muitas transformações e foi necessárioum resgate da arquitetura original, inclusive com a atuação de arqueólogos”.

Incentivo à cultura - Mesmo antes da reabertura do prédio, a Casa Rosada contribui para o desenvolvimentoda cultura local. Em paralelo às obras, o espaço recebeu uma exposição que mostrou* *três momentos doprédio. Na mostra, foi possível conhecer o passado da do imóvel e um pouco da história da Cidade Velha; asmelhorias realizadas no ambiente; além de visualizar as próximas fases do projeto de restauro, representandoo futuro da Casa.

José Maria Barale, presidente da Alubar, empresa que apoiou o restauro da Casa, adiantou que as ações deincentivo à arte e cultura vão começar em 2012. “Será realizado um intercâmbio entre artesãos de Belémcom artistas da Itália. Os italianos virão a Belém conhecer a cidade e os trabalhos desenvolvidos aqui e osparaenses irão a Itália para conhecer o que é feito na área artística e cultural lá”.

Trajetória - A Casa Rosada é uma edificação remanescente do século XVIII, cujas linhas arquitetônicasexteriores permanecem praticamente inalteradas. A edificação possui, no seu andar térreo, portas e janelascom molduras elaboradas. Portais trabalhados, gradis de ferro e largos beirais, que também compõem aedificação, dão um ar de requinte ao prédio.

A autoria da Casa Rosada é atribuída a Antonio José Landi por diversos estudiosos. Dentre eles, a portuguesaIsabel Mendonça, a maior estudiosa do mundo sobre vida e obra do arquiteto.

Fonte: O Cabano - Online - Online

> Mais NotíciasMais Notícias

  • Endereço

    Rua Siqueira Mendes, nº 61 - Cidade Velha
    CEP: 66020-600 - Belém - Pará - Brasil
    [ver mapa]
  • Siga-nos

    Facebook Twitter Linkedin
  • 2017 © Casa Rosada
    Todos os direitos reservados
    Desenvolvimento: Bredi